Por mais que o desenvolvimento de novas tecnologias de segurança seja constante no universo digital, o vazamento de dados na internet ainda é muito comum. Por isso, além de tomar todas as medidas necessárias para proteger as suas informações é importante saber como proceder caso você seja vítima de um crime cibernético.

Os hackers estão sempre buscando formas de ter acesso aos dados pessoais de usuários para cometer golpes de diversos tipos. No entanto, os celulares e computadores não são os únicos alvos desses criminosos. O ataque a sistemas como aplicativos e bancos de dados públicos e privados é frequente.

Ou seja, mesmo que você tome todas as medidas para proteger os seus aparelhos eletrônicos de invasões, ainda há riscos. Afinal, nos dias de hoje é praticamente impossível não ter informações pessoais na internet através do banco de dados de sistemas públicos e de prestadores de serviços privados.

QUER NAVEGAR NA INTERNET DE FORMA SEGURA COM A VELOCIDADE MAIS RÁPIDA DO PAÍS? CONTRATE AGORA MESMO UM DOS PLANOS CLARO!

Como ocorre o vazamento de dados na internet

Basicamente, existem duas formas de vazamento de dados na internet. A primeira ocorre quando hackers conseguem invadir o sistema operacional do seu computador, celular ou tablet ou, ainda, ter acesso a suas informações através de mensagens e páginas falsas.

Este formato de ataque é muito comum e circula diariamente por e-mail, aplicativos de mensagens e redes sociais. Links oferecendo grandes vantagens, sites que pedem para você digitar seus dados bancários e redes abertas de internet pedem cuidado dobrado e devem sempre gerar desconfiança.

A outra forma comum de exposição de informações pessoais de usuários é através da invasão do banco de dados de empresas e instituições privadas. Esses casos são frequentes no mundo inteiro. Tanto que nos últimos anos ocorreram diversos escândalos de vazamento de dados envolvendo grandes empresas, inclusive gigantes da tecnologia, como Facebook e Amazon.

Vazamento de dados no Brasil

Conforme um relatório anual divulgado pela empresa IBM, o Brasil é quarto colocado em volume de vazamento de dados no mundo. Entre as regiões pesquisadas, o país fica atrás apenas do Oriente Médio, da Índia e das Estados Unidos.

Em cada episódio de invasão uma média de 26,5 mil informações são expostas e o prejuízo para a empresa envolvida chega a R$5 milhões. O problema gera, ademais da perda financeira, uma quebra na imagem da instituição e um grande risco para os usuários.

Segundo a IBM, os prejuízos financeiros em um vazamento de dados envolvem:

  • Perda de contratos e negócios – 36,2%
  • Busca pela detecção de como ocorreu o problema – 31,1%
  • Reparo dos danos pela exposição dos dados – 27,3%
  • Notificação dos usuários que tiveram a privacidade violada – 5,4%

Aspectos legais da exposição de informações de usuários na internet

Apesar de ocupar o quarto lugar em volume de vazamento de dados no mundo, o Brasil ainda precisa evoluir muito no aspecto legal quanto a esse tipo de violação da privacidade. O país não possui uma legislação que obrigue a notificação dos usuários que tiveram suas informações expostas, por exemplo.  

No exterior há um cenário avançado de responsabilização e punição por essas falhas. Entre as empresas brasileiras, entretanto, não costuma haver uma aplicação de multas pelo vazamento de dados. A expectativa é que essa realidade mude com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

A lei regulamenta a forma como devem ser gerenciados e protegidos os dados de usuários obtidos através da internet, principal pelo preenchimento de formulários. A LGPD foi sancionada em agosto de 2018, pelo então presidente Michel Temer, mas os seus resultados são esperados somente a longo prazo.

Como as empresas podem evitar o vazamento de dados

Embora a segurança total seja praticamente impossível no universo digital, é possível tomar algumas medidas de prevenção. Práticas recomendadas por especialistas ajudam as empresas a aumentar a proteção do sistema e das informações contidas nele.

O primeiro passo para qualquer instituição aumentar a segurança de dados é contratar um serviço especializado e implementar ações eficientes. O controle das informações que circulam no ambiente corporativo é fundamental, assim como a conscientização dos colaboradores quanto ao cuidado necessário com esse tema. 

Veja algumas das práticas mais recomendadas no mercado para aumentar a segurança de das informações pelas instituições públicas e privadas:

  • Usar tecnologias comprovadas de segurança da informação como softwares originais, proteção de redes, criptografia, assinaturas eletrônicas, entre outros
  • Aplicar a restrição de acessos limitada à necessidade de cada setor
  • Elaborar e implementar uma Política de Segurança da Informação (PSI) 
  • Realizar backups regularmente para evitar a perda de dados em ataques
  • Fazer contratos de confidencialidade com colaboradores e prestadores de serviço

O que fazer se minhas informações vazarem na internet?

Ter as informações pessoais expostas por um crime cibernético é uma situação que ninguém espera passar. Entretanto, é uma realidade comum e a melhor maneira de lidar com o problema é estar preparado para enfrentá-lo.

Mesmo que você tome todas as medidas de cuidado para proteger os seus aparelhos eletrônicos e fique atento aos golpes cometidos por redes sociais, e-mail e aplicativos, o vazamento de dados pode ocorrer através de uma empresa. 

Muitas vezes nem imaginamos, mas praticamente todas as pessoas possuem informações armazenadas em banco de dados de instituições públicas e privadas na internet. Não há como fugir disso nos dias de hoje.

Por isso, preparamos algumas dicas de como proceder caso você seja atingido por um vazamento de dados através de seus próprios aplicativos ou de terceiros.

Avalie os danos causados pelo vazamento de dados

Ao saber que suas informações podem ter sido expostas na internet, o primeiro passo é descobrir de que forma isso ocorreu e avaliar os danos causados. Se o vazamento foi através de uma empresa ou instituição pública, procure pensar em quais dados poderiam estar armazenados pela instituição. 

O mais comum é que sejam expostos nome, e-mail, números de documentos como RG e CPF, telefone de contato, entre outras informações básicas. Em algumas situações os criminosos também podem ter acesso a senhas e dados bancários, como os do cartão de crédito.

Por isso, é importante fazer essa avaliação dos possíveis danos do vazamento para começar a agir. Como vamos falar nos itens seguintes. 

Altere as suas senhas

Em caso de exposição de dados na internet a primeira ação básica que deve ser tomada pelo usuário é a alteração de senhas. Mude imediatamente os seus códigos de acesso de todos os serviços que costuma realizar online. Essa recomendação deve ser seguida desde o e-mail até aplicativos de banco e o próprio código de desbloqueio do smartphone.

Faça contato imediatamente com a operadora do seu cartão

Se você suspeita que os criminosos possam ter conseguido acessar seus dados bancários e de cartão de crédito ou débito, entre em contato imediatamente com a operadora e o seu banco. Essa ação é indicada diante da menor suspeita de vazamento de dados. Afinal, não vale a pena arriscar ou esperar que haja uma notificação de golpe.

Tome medidas de segurança

Após avaliar os possíveis danos da exposição de suas informações na internet e executar as primeiras ações para tentar minimizar prejuízos, tome novas medidas de segurança. Repense a forma como vem utilizando a tecnologia e implemente mais segurança na sua vida online.

Utilizar aplicativos de senha e sempre escolher a autenticação de dois fatores, podem ser duas boas maneiras de aumentar a sua proteção. Além disso, evite receber códigos de acesso por mensagem SMS e tenha sempre um e-mail se recuperação de acesso dos seus serviços. 

Também é importante tomar cuidado ao informar dados em páginas na internet. Procure compartilhar as suas informações somente com empresas que possuem um histórico de confiabilidade. 

Ainda que ninguém esteja livre das invasões virtuais, quanto maiores forem as medidas de proteção, menores são as chances de sofrer um grande dano. Saber lidar com o vazamento de dados é algo que precisa fazer estar incorporado na rotina online de qualquer usuário.

ASSINE AQUI UM DOS MELHORES COMBOS CLARO E NAVEGUE COM A INTERNET MAIS RÁPIDA DO PAÍS!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui