Se tem uma coisa que gera muita satisfação em qualquer pessoa hoje em dia é encontrar redes abertas de internet, não é mesmo?

Não importa se você está em um café, restaurante, hotel ou outro local público, possivelmente pedir o acesso ao wi-fi será uma das suas primeiras iniciativas, logo na chegada.

A conexão com esse tipo de rede, entretanto, pode representar diversos riscos ao seu celular e a sua segurança.

Neste artigo vamos ajudar você a entender como funciona esse tipo conexão e por que pode ser perigosa. Além de dar algumas dicas para você navegar tranquilo esteja onde estiver.

Você sabia que economizar a franquia de dados móveis é uma das razões que leva a maioria das pessoas a procurar redes públicas de internet?

Se este é o seu caso, acabe com o problema. Na Claro você encontra pacotes com muitos gigas e aplicativos ilimitados, por preços que cabem no seu bolso, para navegar o mês inteiro sem se preocupar em ficar sem dados.

ASSINE AQUI UM DOS COMBOS CLARO E NAVEGUE COM SEU CELULAR O QUANTO E ONDE QUISER!

O que são as redes abertas de internet

As redes de conexão sem fio ou wireless realizam a transmissão de dados sem o uso de qualquer tipo de cabo. Para isso o mais comum é que sejam utilizadas ondas de rádio.

Com esse sistema, a internet wi-fi realiza a troca de dados entre os aparelhos conectados e o roteador da rede.

Nas conexões residências, por banda larga, as operadoras costumam oferecer protocolos de segurança avançados que impede o acesso de terceiros não autorizados. São as redes domésticas seguras.

Por outro lado, as redes abertas ou redes públicas, normalmente utilizadas em estabelecimentos comerciais e locais com grande circulação de clientes, acabam sendo mais vulneráveis.

Que tipo de risco existe ao acessar uma rede wi-fi pública

O nível de risco ao conectar-se em redes wi-fi públicas depende do tipo de proteção adotada no local. O acesso a uma internet que não pede nenhum tipo de senha, por exemplo, pode representar um alto nível de insegurança ao seu aparelho.

Ou seja, quanto mais fácil for o acesso a uma rede de internet, maior é a chance de que hackers consigam entrar nos sistemas dos usuários e roubar suas informações e dados pessoais.

Leia também: Como descobrir a senha do Wi-Fi pelo celular e PC de forma fácil!

Como acontecem os crimes através de redes abertas

Um dos crimes mais comuns praticado por hackers no mundo todo é a invasão de redes abertas para roubar dados.

Para isso eles interceptam o acesso e se colocam entre o ponto de conexão e o usuário. Desta forma, todos os dados enviados pelo celular, que deveriam ir para a rede, são captados pelos criminosos.

Redes falsas

Outra forma comum de crimes cibernéticos com redes abertas é a criação de pontos falsos com nomes de locais públicos e excelente sinal.

A qualidade dessas redes acaba atraindo um grande público que realiza a conexão e passa a dar acesso aos hackers a todas as suas informações.

Em meio a esses sistemas de golpe acabam sendo roubados dados bancários e de cartões de crédito, informações contidas em e-mails e mensagens, credenciais de login em diversas plataformas, entre outros.

Formas de evitar que seu aparelho corra riscos em redes abertas

Levando em consideração que ficar sem acesso a internet no celular é uma hipótese descartada. Caso você precise se conectar a uma rede pública, é importante tomar algumas medidas de precaução para garantir a sua segurança.

Afinal, ninguém quer correr o risco de ter o aparelho invadido.

Entre as principais dicas de especialistas sempre aparecem o uso de programas antivírus, não clicar em nada que possa parecer suspeito, usar senhas de acesso fortes em todos os sites e ativar sistemas de proteção de senhas.

Entretanto, além disso, separamos algumas dicas mais práticas para você garantir a segurança dos seus dados.

Tome cuidado com seus acessos durante a conexão

Um dos pontos de atenção mais importantes para manter a sua segurança durante a conexão com redes abertas é o acesso a informações relevantes.

Sendo assim, quando estiver utilizando esse tipo de internet procure não entrar em aplicativos de banco ou realizar operações financeiras. O mesmo vale para qualquer transmissão de dados confidencial.

Preferencial se desconecte das suas redes sociais, e-mail e outros aplicativos que considerar importantes ou que contenham dados pessoais.

Ou, se preferir, após acessar essas páginas troque as senhas de acesso com a opção de fazer logoff de qualquer outro ponto em que esteja conectado.

Procure indícios de que a rede em que irá se conectar é legítima

Como falamos antes, usar redes abertas falsas é uma das estratégias de criminosos para roubar dados de usuários de celular.

Então, sempre que for realizar uma conexão em local público procure ter certeza de que a rede na qual irá entrar é legítima.

Para isso, procure saber se o local em que você está possui realmente uma conexão wi-fi. Depois confirme o nome da rede e, se possível, peça mais informações sobre a segurança do acesso.

Desative o compartilhamento de informações em redes abertas

Em computadores portáteis geralmente aparece uma mensagem automática de segurança quando você se conecta a uma rede pública.

Nesta mensagem é possível escolher a opção de não compartilhar informações com a rede e outros computadores conectados.

Infelizmente nos celulares este tipo de ação ainda não acontece, mas a boa notícia é que você pode ativar manualmente esta medida de segurança.

Ao acessar uma rede pública, busque no menu de configurações de seu dispositivo móvel e desative o compartilhamento de dados e informações.

Esta opção está disponível em todos os modelos de aparelhos celulares com sistema operacional Android e iOS.

Em redes abertas utilize o modo de navegação SSL

Sabe aquele ícone de cadeado que aparece ao lado do endereço das páginas no navegador? Ele não está ali por puro acaso.

O desenho, assim como a inicial https:// no início do endereço, representa que o acesso ao site é feito com criptografia SSL segura.

Isso garante a segurança dos dados inseridos na página mesmo que você esteja utilizando uma rede de conexão não segura ou mais vulnerável.

Uma boa dica é configurar o navegador do seu celular para abrir as páginas que usa com mais frequência sempre com esse tipo de criptografia.

Também fique atento quando a conexão a uma rede pública pede para você realizar um login pelo navegador. Certifique-se que a página aberta ao aceder à rede tenha o endereço iniciado por https:// e o símbolo do cadeado.

Mantenha o sistema operacional do seu celular atualizado

Muito gente não sabe, mas uma das principais funções das atualizações dos sistemas operacionais dos celulares é aprimorar os recursos de segurança dos aparelhos.

Os desenvolvedores, tanto de Android quanto iOS, estão constantemente rastreando possíveis falhas que deixam o sistema vulnerável a hackers e melhorando as métodos de segurança.

Por isso, uma das melhores formas de ter os dados e informações sempre protegidos é manter o seu aparelho atualizado.

Se não quer ficar checando a todo momento se existem novas atualizações do sistema, você pode configurar o smartphone para atualizar automaticamente.

Tenho um bom plano de dados móveis e navegue com mais segurança

Sem dúvida a forma mais segura de navegar na internet pelo celular é através da internet banda larga em casa, com protocolos de segurança de rede, ou através das redes móveis 3G e 4G.

Assim, o mais indicado é utilizar as conexões públicas para navegações mais simples, evitando o uso de senhas e dados pessoais.

Para acessar redes sociais, e-mail e aplicativos de banco, por exemplo, é preferível sempre optar pela internet móvel.

A única maneira de não depender das redes públicas para estar sempre conectado é ter um bom pacote de dados móveis.

Contrate agora mesmo um dos combos Claro e tenha internet de qualidade sempre que quiser. Escolha nunca mais se preocupar com a segurança da sua conexão pelo celular!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui