Se você tem um celular, e a gente sabe que tem, já vivenciou alguma experiência de mobile marketing. Talvez ela tenha sido positiva, talvez negativa, talvez até mesmo involuntária, mas é difícil escapar do mobile marketing atualmente.

Os celulares hoje dominam o mundo. As pessoas passam mais tempo com seus celulares do que com qualquer outro aparelho. É inegável a importância dos celulares no cotidiano das pessoas, especialmente em momentos de tomada de decisão. Esse cenário faz com que a mudança de foco do marketing seja não apenas natural, mas necessária.

GARANTA A MELHOR OPÇÃO DE INTERNET AQUI!

Mas afinal, o que é mobile marketing?

Pode-se dizer que o mobile marketing é um conjunto de técnicas e estratégias. Essas estratégias são focadas nas capacidades e funcionalidades específicas dos celulares e do comportamento dos seus usuários.

A base do mobile marketing

Ou seja, primeiro é necessário entender tudo o que os celulares atuais são capazes de fazer. Além disso, é preciso estudar os hábitos das pessoas e entender o que elas realmente fazem com seus celulares. Com base nisso, desenvolver um plano para conseguir interagir com seu público alvo, seja ele qual for.

Esse processo de mudança vem acontecendo já faz algum tempo e a tendência é que fique cada vez mais forte. Isso porque o celular se tornou o principal meio de acesso à internet e, naturalmente, uma poderosa ferramenta comercial. Se é pelo celular que se navega, então é pelo celular que se faz compras na internet. E se as compras são feitas pelo celular, então o marketing deve ser feito com estratégias para otimizar esse cenário.

Leia mais: Cliente Claro com um ano de internet em dobro.

Mobile marketing: Compras pelo celular

Computadores têm telas maiores e normalmente maior poder de processamento. Computadores também costumam estar conectados a internet fixa, que tende a ser mais rápida do que internet móvel. Além disso, computadores transmitem, mesmo que de forma equivocada, uma sensação de segurança para o usuário.

Apesar de todos esses fatores, os celulares já ultrapassaram os computadores em números de compras através da internet. Ou seja, hoje quem não desenvolve uma estratégia específica para mobile marketing, está ficando pra trás.

Compras complexas

Uma nova modalidade de compra tem ganhado destaque nos últimos anos. A compra complexa também é conhecida como compra mista ou também omnichannel. Ela é aquela compra que tem sua atuação acontecendo em mais do que um meio. Na prática, é quando a empresa consegue misturar a experiência de compra da sua loja física com seu ambiente virtual.

Isso aconteceu muito na última black friday, por exemplo, e deve continuar acontecendo. Com a confiança das pessoas em realizar compras pelo celular, esse modelo cresce em relevância. Mas além da praticidade de comprar pelo celular, as pessoas querem mais!

Vantagens

Seja para provar um calçado, sentar em um sofá ou ver de perto um eletrodoméstico, as lojas físicas continuam tendo importância. Juntando o melhor dos dois mundos, comerciantes e clientes parecem estar satisfeitos com o resultado dessa mistura.

Nesses casos, a compra pode ser feita pelo celular normalmente. Depois, o cliente vai até a loja física ter o contato com seu objeto de compra.

Além das vantagens que já mencionamos, ainda é importante lembrar a questão logística. Nesse tipo de situação a loja não precisa gastar com transporte e entrega, e o cliente não precisa ficar dias (às vezes semanas) esperando para ter seu produto em mãos.

Leia também: Sabia que é possível transformar seu celular em roteador de internet wifi?

Mobile marketing: dicas e ações

Você tem uma empresa? Tem um pequeno negócio ou vende algum tipo de produto? Presta serviço ou dá contultoria? Temos uma série de dicas e ações para mobile marketing que pode ajudar você nesse caminho.

Use o Whatsapp

Pode parecer uma dica simples e óbvia, mas não podemos deixar de colocar na lista. O Whatsapp é uma das ferramentas mais populares de comunicação no mundo. Milhares de pessoas usam esse aplicativo todos os dias com diversas finalidades diferentes. Então se você quer vender no universo mobile, é quase obrigatório atender por Whatsapp.

Importante: não envie mensagens para clientes sem a devida autorização. O Whatsapp é, para muita gente, um ambiente de contato com amigos e parentes. Invadir esse espaço com mensagens comerciais inesperadas pode gerar um impacto negativo.

Nessas horas o bom senso diz que o ideal é ter uma postura passiva e esperar o contato do cliente primeiro. Se por acaso você achar que tem um bom motivo para quebrar essa regra, que seja para um benefício real do cliente. Um mimo de aniversário, uma oferta imperdível, uma promoção temporária ou algo do tipo. O cliente precisa saber que sua mensagem só invadiu seu ambiente por ser extremamente vantajosa.

E o SMS?

Apesar de estar um pouco ultrapassado, o SMS ainda é visto como um bom aliado do mobile marketing. Isso porque ele é uma ferramenta muito barata. Contratar pacotes de envio de SMS custa muito menos do que outros tipos de ação.

Não esqueça que, assim como no caso do Whatsapp, o SMS também deve ser usado com moderação. Envie mensagem apenas para clientes que se cadastraram apropriadamente e já demonstraram interesse no seu negócio. Nada de comprar listas de telefone e enviar milhares de mensagens para pessoas que não são clientes em potencial.

QR Codes

Usar QR codes é uma estratégia que vem ficando popular. Hoje em dia a maioria dos celulares é capaz de ler e reconhecer esses códigos quadriculados. Assim, você pode fazer ações de várias maneiras diferentes. É possível direcionar o cliente para um site, enviar uma mensagem ou até mesmo presentear ele com ingressos ou brindes.

Aplicativo próprio

Se o seu negócio já for um pouquinho maior, pode ser a hora de pensar em ter o próprio aplicativo. Esse tipo de ação, apesar de ter um custo inicial elevado, pode trazer excelentes resultados no longo prazo. Um aplicativo próprio é um dos fatores que mais contribui pra fidelização de clientes, por exemplo. Além disso, pode ser um bom aliado na divulgação de novos produtos ou serviços e comunicar promoções.

Sites responsivos

Um site responsivo é aquele que se adapta aos vários meios de acesso. Poucas coisas são tão incômodas para um usuário quanto tentar navegar em um site que não está devidamente adaptado ao meio em que está sendo acessado.

Elabore seu site pensando em diferentes navegadores, diferentes tamanhos de tela de celular, diferentes tamanhos de fonte que as pessoas podem usar. Enfim, pense nos detalhes que podem variar entre os dispositivos (que às vezes podem ser notebooks e tablets também) e não deixe seu potencial cliente frustrado por causa de um site mal feito.

Waze

Por incrível que pareça, o Waze pode ser muito mais do que um mapa para navegação. Existe um recurso chamado Waze Ads que é feito exatamente para o uso comercial. Com ele é possível fazer alertas notificando carros que estejam parados no trânsito e nas regiões próximas.

Assim sua estratégia de marketing vai certeira em quem já está próximo do seu local. Isso pode ser um diferencial incrível para quem tem negócios locais e conta com a visita dos clientes.

Google Meu Negócio

Uma das principais vantagens dessa ferramenta é que ela é gratuita. Além disso, vem com a força da estrutura da Google, que traz muita confiança agregada.

Usando o Google Meu Negócio, é possível preencher informações cruciais e deixar seu cliente mais próximo da sua empresa. Você pode colocar o seu endereço, horário de funcionamento, fotos, avaliações e falar sobre seu produto ou serviço.

Essa é uma ferramenta incrível para sua empresa ganhar relevância através do Google Maps. Quando um cliente digita “padaria” no seu mapa, por exemplo, só as padarias que tiverem esses dados preenchidos vão aparecer no resultado dessa pesquisa. Se a padaria tiver fotos dos produtos e horário de funcionamento, por exemplo, aumenta a chance de o cliente querer passar lá. Além disso, a ferramenta também serve para melhorar seu negócio no ranking de procuras do Google.

Saiba mais: O que é internet 5G? Saiba tudo sobre essa tecnologia.

Redes sociais

Nossa última dica é outra que também parece óbvia, mas requer muito cuidado. Redes sociais são fantásticas para estabelecer contato com clientes, mas também podem ser extremamente perigosas para um negócio.

Escolha com atenção quais são as redes sociais em que vale a pena criar um perfil do seu negócio. Entenda bem as especificidades do público daquela rede particular. Acompanhe outras empresas que já dão certo para entender como elas se comunicam.

Lembre-se que o poder de mobilização das pessoas é uma força que ao mesmo tempo que é capaz de levar seu negócio para cima, também pode empurar para baixo. Alguns cuidados importantes são:

  • Não seja invasivo.
  • Nunca responda com grosseria, mesmo que o cliente já esteja nesse estado de espírito.
  • Seja sempre honesto nas postagens. Não se comprometa com algo se não for cumprir.
  • Crie conteúdo que faça sentido para a sua marca e para seus clientes.
  • Foque nos aspectos positivos do que você é capaz de fazer e nas vantagens do seu negócio.

Esperamos que essas dicas tenham ajudado você a entender o mobile marketing. Além disso, que elas possam ser úteis para a evolução e desenvolvimento do seu negócio. Para seguir com informações de qualidade sobre tecnologia e telecomunicações, continue acompanhando nosso blog!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui