Se tem um momento que deixa qualquer usuário aflito é quando a internet cai. Nos dias de hoje, décadas depois da internet ter se popularizado, a queda beira o inaceitável, mesmo por pouco tempo. Equipamentos modernos, dispositivos novos, infraestrutura de ponta, e mesmo assim a internet cai? Nenhuma família merece passar por isso.

CONTRATE AQUI SEU NOVO PLANO DE CELULAR!

E mesmo quando a internet não cai, ela ainda pode incomodar de outros jeitos. O sinal pode, por exemplo, ficar variando a qualidade. Isso é muito fácil de perceber no uso normal dos seus dispositivos. Alguns exemplos seriam:

  • Você está em uma chamada de vídeo e de repente a imagem fica mais borrada, ou o som fica cortado;
  • Você está assistindo a um filme em algum serviço de streaming e de repente a imagem que estava em Full HD muda para uma qualidade mais baixa.
  • Você está jogando pela internet e de repente o seu ping aumenta. Isso pode fazer com que outros jogadores vejam você travando.
  • Você está subindo algum arquivo grande pra nuvem, ou enviando algum vídeo para o Youtube ou para o Facebook, por exemplo, e de repente a barrinha de progresso do upload diminui a velocidade com que estava enchendo, ou até fica parada.

Essas são apenas algumas situações fáceis de notar, mas na verdade existem várias outras. Se isso costuma acontecer com certa frequência, talvez seja hora de reavaliar sua internet.

O provedor da internet

O aspecto mais importante pra ter uma internet boa é, sem sombra de dúvida, o provedor de internet. Nessas horas é importante ter certeza de que está contratando o serviço de uma empresa de qualidade.

Perfil de usuário

Mas não basta apenas a empresa que você contrata ser de renome, seu pacote tem que ser adequado. Um pacote adequado é um que condiz com as suas atividades enquanto usuário.

Se você gosta de jogar, assistir filmes ou fazer muitos downloads, certamente vai precisar de um plano bem bom. Já se você for um idoso que apenas abre os emails e olha o whatsapp, não vai precisar de ultravelocidade.

Teste de sinal

Existem na internet diversos sites que servem para testar o sinal da sua internet. Se você está em dúvida a respeito disso, procure algum e teste você mesmo.

Esses testes normalmente medem a velocidade de upload e a velocidade de download. Além disso, eles também dizem qual a porcentagem de pacotes perdidos. Vale lembrar que o ideal é que nenhum pacote nunca seja perdido.

Quando ligar para a assistência?

Antes de ligar para a assistência, temos algumas dicas para dar. Seguindo essas orientações que vamos listar nesse texto, é possível que você consiga resolver boa parte dos problemas de quando sua internet cai.

Se por acaso nada disso resolver, aí sim é hora de ligar para o provedor.

Dicas para quando a internet cai

Como acabamos de explicar, uma série de atitudes podem ser tomadas quando a sua internet cai. Vale a pena tentar algumas delas antes de ligar para o provedor.

Reinicie seus aparelhos

Alguns modelos de roteador, especialmente os antigos, podem apresentar uma falha eventual. Às vezes eles simplesmente param de enviar sinal. Nessas horas, vale a pena reiniciar o roteador.

Aproveite que você já vai reiniciar o roteador e também reinicie o modem. Se estiver usando um computador que esteja ligado há bastante tempo, reinicie ele também.

Exceto pelo computador, os outros aparelhos podem ser facilmente reiniciados. Basta tirar eles da tomada, esperar 30 segundos, e ligar novamente. Simples, não é?

Verifique a segurança da sua rede

Sua rede wi-fi é protegida por senha? Se não for, considere fazer isso agora mesmo! A senha serve para que pessoas não acessem sua rede sem autorização.

Além da chance de algum invasor tomar alguma atitude maliciosa, tem outro problema. Muita gente conectada à sua rede pode baixar sua velocidade. Roteadores têm limite de capacidade – quanto mais gente se conecta, menor a velocidade de cada um.

Segurança dos dispositivos também

Além da segurança da sua rede, é bom verificar a segurança dos dispositivos. Um computador ou celular infectado por vírus pode apresentar comportamento inadequado. Um vírus pode fazer com que seu dispositivo troque dados através da rede, piorando a qualidade do sinal.

Quantidade de dispositivos conectados

Como já mencionamos, a quantidade de dispositivos conectador afeta diretamente a qualidade da internet. Mas isso não serve apenas para as redes sem senha e os aparelhos externos. Mesmo uma rede protegida pode sofrer com isso.

Dispositivos como celulares, tablets, computadores, smart TVs podem usar a banda sem percebermos. Seja porque estão ligados, ou até fazendo uma atualização automática. Uma casa com 4 pessoas pode facilmente ter mais de 15 aparelhos conectados. Uma boa ideia pode ser colocar no modo avião os dispositivos que não estão sendo usados na hora. Especialmente se forem tablets ou computadores, que não precisam tanto da rede quanto o celular.

Outros aparelhos

Além de aparelhos que se ligam na rede wi-fi, outros eletrodomésticos podem causar interferência. Um aparelho de babá eletrônica, ou até um forno de micro ondas podem interferir. Isso porque alguns usam a mesma frequência que alguns roteadores.

Além desses aparelhos, outros que se conectam por bluetooth também podem causar impacto na performance da rede.

Ajuste seu roteador

Às vezes fazer determinados ajustes no próprio roteador podem ajudar a resolver o problema. Alguns deles são bem simples, outros nem tanto.

Verifique a posição do roteador

O ideal é que seu roteador esteja posicionado o mais próximo possível do centro da sua casa. Ao ficar perto do meio, supostamente todos os cômodos deveriam receber sinal de forma parecida.

Se não for possível colocar no meio, deixe ele mais perto dos cômodos onde mais se usa a internet. Normalmente os melhores lugares são na sala ou no quarto. De preferência, longe de paredes (e principalmente pilares) que podem atrapalhar as ondas que levam o sinal.

Troque a antena

Considere trocar a antena do roteador. Muita gente não sabe, mas existem vários tipos de antena. Normalmente as antenas normais, dessas que vêm com os roteadores simples comprados em lojinhas de informática, não são das melhores.

Ao colocar uma antena melhor no seu roteador, ele vai conseguir mandar o sinal mais forte e mais longe. Use a internet para pesquisar quais os tipos de antenas servem para o seu roteador.

E os cabos?

Cabos com o contato ruim podem prejudicar e até cortar completamente o sinal. Confira se os cabos não estão frouxos. Por via das dúvidas, desconecte e conecte todos os cabos do modem o roteador. Depois, se possível, reinicie o aparelho.

Se os cabos estiverem oxidados, compre cabos novos. A ferrugem da ponta dos cabos pode danificar outros cabos. Além dos cabos paralelos, a ferrugem também pode prejudicar os aparelhos nos quais eles estão conectados.

Considere ter repetidores de sinal

Você sabe o que faz um repetidor de sinal? Ele recebe o sinal do roteador e, como o nome sugere, repete onde estiver. Dessa forma, se você tiver um repetidor no quarto, por exemplo, os dispositivos do quarto vão se conectar na rede através dele e, assim, vão ficar com um sinal mais forte.

Aplicativos e softwares em geral

Outro detalhe relevante para a manutenção de uma rede estável e funcional é conferir os softwares. Programas em computadores e aplicativos em TVs, tablets e celulares podem sobrecarregar a rede.

Um aplicativo que faça downloads e uploads, como um torrent, por exemplo, pode consumir muito da sua banda. Às vezes esse tipo de programa abre automaticamente quando o computador é ligado. Se ele estiver em segundo plano, pode ser que o usuário nem perceba que ele está aberto. Assim, a banda ficaria sendo consumida de forma quase invisível durante muito tempo, prejudicando o sinal de forma significativa.

Atenção com atualizações

Outra coisa que pode acontecer é algum aplicativo ter atualização automática. Esse tipo de procedimento é relativamente comum em celulares. Além deles, também pode acontecer em tablets e em smart TVs. Esse tipo de download inesperado pode causar instabilidade na rede e a percepção de que o sinal está ruim.

Para evitar isso, vá nas configurações dos seus dispositivos e desligue as atualizações automáticas.

Assistência

Se nenhum desses procedimentos der resultado, pode ser a hora de procurar ajuda profissional. Uma boa operadora deve oferecer assistência de qualidade para seus clientes. Procure a sua.

Esperamos que você tenha gostado das dicas para atestar o estado da sua internet. Para seguir se atualizando com notícias de tecnologia, continue acompanhando nosso blog!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui