Ficar sem espaço no celular é um problema mais comum do que você pensa. Com sistemas cheios de novos recursos, aplicativos cada vez mais sofisticados e câmeras potentes, é normal que a memória do smartphone acabe não dando conta da sua demanda.

Atualizações dos sistemas operacionais e plataformas avançadas, além da quantidade de arquivos armazenados, são as principais razões que deixam um celular sem memória.

Qualquer aparelho, dos mais básicos aos top de linha, com o tempo acabam sofrendo uma defasagem de armazenamento. Mas existem maneiras de contornar essa situação e algumas práticas bem simples podem evitar o problema.

Outro inconveniente bastante comum enfrentado no dia a dia é ficar sem dados no celular para navegar na internet.

Atualmente passamos grande parte do nosso tempo conectados, por isso os planos de celular nem sempre atendem a nossa demanda.

Mas este problema tem uma solução mais fácil do que a falta de memória no aparelho. Basta você escolher um bom pacote de dados que esteja de acordo com a sua necessidade.

Na Claro você encontra as melhores opções de franquias e ainda garante a internet 4G mais rápida do país para navegar pelo celular.

ASSINE AQUI UM DOS COMBOS CLARO!

Por que ficamos sem espaço no celular?

Antes de entender a razão pela qual ficamos sem espaço no celular e otimizar o problema, é preciso saber o que é e como funciona a memória dos dispositivos móveis.

No momento de comprar um smartphone novo, por exemplo, a escolha da capacidade de memória do aparelho pode gerar confusão. Ter 32Gb é suficiente? Vale a apena investir mais para ter 128GB?

A informação dada pelos fabricantes geralmente explica o tamanho da memória interna e passa mais um dados, a memória RAM. Você sabe qual é a diferença? Quando o celular fica sem espaço qual das duas está cheia?

Vamos responder todas essas perguntas e ajudar você a otimizar o seu aparelho para você nunca mais ter que ficar apagando fotos no momento que quer fazer novos registros.

O que é memória interna e qual a diferença para a memória RAM?

Todo aparelho precisa de uma memória interna onde serão armazenados os arquivos e os dados do sistema.

Fotos, vídeos, músicas e histórico de mensagens são apenas alguns dos arquivos que ocupam espaço no celular. O sistema operacional é outro item que precisa de uma fatia de memória para rodar.

Cada aplicativo que você baixa também ocupa espaço na memória. Aqueles que mantém histórico de conversas, como o Whatsapp, ou músicas e vídeos em modo offline, como Netflix e Spotify, acabam sendo os mais pesados.

Em resumo, a memória interna do dispositivo é o grande armário do aparelho. O local onde são guardadas todas as peças da engrenagem que torna possível acessar os recursos que você mais gosta.

Memória RAM – a executora de tarefas

Ainda que tenham um nome parecido, memória interna e memória RAM possuem funções completamente diferentes.

Quando você está sem espaço no celular, a RAM não tem nada a ver com o problema. O inconveniente está relacionado somente com a memória de armazenamento do aparelho.

Mas então para que serve a RAM? Para executar todas as tarefas do seu smartphone. Ela é uma memória temporária, utilizada como um motor para que o sistema e os aplicativos funcionem.

Um bom espaço de memória RAM também é importante. Essa característica irá determinar a velocidade e a eficiência que o seu aparelho terá para executar todas as tarefas do sistema.

Leia ainda: Como saber quando é o momento de fazer a troca de celular?

Como escolher a melhor memória para não ficar sem espaço no celular

Decidir quais são as melhores características de um smartphone é uma decisão pessoal. Isso porque depende diretamente da sua tendência de uso do aparelho.

Com a escolha da melhor memória para não ficar sem espaço no celular é igual. Um armazenamento de 16GB pode ser muito se você utiliza o celular para funções básicas. Mas pode ser pouco se costuma fazer muitas fotos e baixar inúmeros aplicativos.

Preparamos uma avaliação geral dos tipos de memória disponíveis no mercado para você ter uma ideia de como cada uma delas funciona:

  • Memória de 8GB – atualmente é o mínimo indicado e costuma atender demandas limitadas sem recursos muito avançados.
  • Armazenamento de 16GB – gera uma utilização mais cômoda se você quer armazenar muitos arquivos e baixar aplicativos sem preocupação. Apresenta um bom custo-benefício.
  • Memória de 32GB – começa a atender uma demanda mais exigente como a de jogos e armazenamento de arquivos de vídeo offline, além de fotos e aplicativos.
  • Armazenamentos de 64GB, 128GB, 256GB ou 512GB – essas são consideradas as memórias mais avançadas com desempenho excelente para demandas realmente exigentes.

Formas eficientes de otimizar armazenamento e liberar espaço no celular

Não poder baixar novos aplicativos nem fazer fotos e vídeos com a câmera são algumas das consequências de ficar sem espaço no celular. No entanto, a memória esgotada também acaba deixando o aparelho mais pesado e lento.

Em geral, uma limpeza básica já ajuda bastante a liberar espaço e acabar com esse problema. Veja algumas maneias simples de fazer isso.

Remova arquivos de mídia e conversas do Whatsapp

O Whatsapp é um dos aplicativos mais utilizados pelos brasileiros. Acontece que o arquivo de conversas, que costuma ser composto por muitas imagens, vídeos e áudios, ocupa um enorme espaço na memória do celular.

Algumas práticas simples que melhoram esse ponto são, desativar o download automático de mídias e apagar conversas antigas que não precisam ficar guardadas.

Em um primeiro momento pode dar trabalho, mas se você fizer isso regularmente ficará mais fácil.

Desative arquivos de música e vídeo desnecessários

O recurso offline dos serviços de streaming de música e vídeos é sensacional, porém pode acabar sobrecarregando a memória interna do seu celular se você não tiver cuidado.

Esteja sempre desativando aqueles álbuns que você não escuta mais e os episódios de séries que já assistiu.

Essa é uma das práticas simples que farão toda a diferença para liberar espaço no armazenamento do aparelho.

Apague aplicativos que não usa mais

É normal baixar mil aplicativos para testar e acabar nunca mais usando a maioria deles. Mesmo que o app esteja todo o tempo fechado, o simples fato de estar instalado no aparelho ocupado um enorme espaço sem necessidade.

Pare por alguns minutos e avalie quais são as plataformas que realmente precisa no seu dia a dia. Delete co frequência todos os apps que estão abandonados e libere espaço para coisas que realmente importam.

Faça a limpeza de cache do sistema

Esta dica é um pouco mais avançada do que as anteriores, mas não é preciso ser um especialista em tecnologia para realizar a limpeza de cache do sistema.

Tanto em celulares com Android quanto com iOS, são necessários apenas alguns passos para liberar muito espaço na memória. Esta ação otimiza o processamento do aparelho.

Na internet há diversos tutoriais com passo a passo para limpar o cache em cada um dos sistemas operacionais. Mas basicamente esta opção aparece dentro do menu Configurações ou Ajustes, em Armazenamento e depois Dados de Cache.

Nesta parte do menu você deve localizar o botão para limpeza de cache e selecionar. Na sequência o sistema mesmo fará tudo automaticamente.

Por fim, limpar os arquivos de download e mídia, assim como os dados do navegador do seu celular também vão apresentar resultados significativos.

Não esqueça ainda que a eficiência da sua navegação pela internet e pelos aplicativos depende do processador, das memórias do seu celular, mas também da sua velocidade de conexão.

Ter uma internet de qualidade é fundamental para aproveitar todos os recursos do seu smartphone sem nenhum inconveniente.

CONTRATE AGORA MESMO UM DOS COMBOS CLARO E NAVEGUE COM VELOCIDADE E EFICÁCIA COMO E QUANDO QUISER!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui