Recentemente as discussões sobre aplicativos espiões ganharam força no Brasil. A prática de usar apps que fazem a captura de dados é considerada crime de acordo com as nossas leis. Mesmo assim, o uso desse tipo de recurso tem se tornado cada vez mais popular.

Esses apps são instalados sem o consentimento e sem o conhecimento dos donos dos celulares. A pessoa vai usar o celular normalmente sem ter ideia de que está sendo vigiada.

ENCONTRE AQUI O MELHOR PLANO DE CELULAR

Captura de dados… mas quais dados?

Dependendo da configuração do aplicativo espião, a captura de dados pode se dar de formas variadas. Existem muitas alternativas de apps diferentes, mas é importante saber que praticamente tudo pode ser monitorado.

Vamos citar alguns exemplos para você entender que tipo de dado pode ser capturado.

Mensagens trocadas

As mensagens talvez sejam o foco principal desses aplicativos. É possível que todas as suas conversas sejam monitoradas. Whatsapp, Telegram, Instagram, Facebook Messenger, etc. Seja qual for o app, pode ser espionado.

Fotos

Fotos também podem ser alvo dos apps de captura de dados. Qualquer arquivo de imagem que estiver no seu álbum ou até mesmo em conversas privadas estará ao alcance do criminoso que tiver acesso ao seu celular. Muitas vezes é dessa forma que pessoas têm suas fotos íntimas divulgadas na internet.

Vídeos

Seguindo a lógica das fotos, os vídeos também estão disponíveis. Eles são um pouco mais demorados de transferir, pois arquivos de vídeo normalmente são bem maiores do que arquivos de foto, mas mesmo assim podem ser roubados.

Digitação (e senhas)

Alguns apps de caputa de dados têm a opção de copiar tudo o que a pessoa tecla. Ou seja, absolutamente tudo o que você digitar no teclado virtual, será copiado. Isso acontece com o endereço de um site, uma mensagem para um amigo e, inclusive, as suas senhas.

Microfones

Tudo o que você fala pode ser escutado. Seja durante um telefonema ou em uma mensagem de voz pelo Whatsapp. O pior é que também é possível capturar sons mesmo que o celular não esteja sendo usado. Isso significa que alguém pode ouvir o que você faz com o celular estando no bolso, ou ao lado da cama.

Câmeras

Aplicativos de captura de dados também conseguem acessar suas câmeras. Sim, no plural, porque ele enxerga tanto a frontal quanto a traseira. E não estamos falando apenas sobre bater fotos, mas de olhar através da câmera o tempo inteiro. Isso significa que a qualquer momento alguém pode estar tendo a visão da sua câmera. No trabalho, numa festa, na mesa de jantar ou até mesmo no banheiro. Você pode estar com o celular na mão escolhendo a música para o banho e sendo observado através da câmera.

Localização

O sinal do GPS também pode ser alvo desse tipo de captura de dados. Isso significa que o ladrão de dados pode sempre saber onde você está. Claro que em um prédio com vários andares não vai dar pra saber exatamente. E também é preciso considerar que o GPS tem margem de erro de alguns metros. Mesmo assim um passeio no parque, uma ida à praia ou até mesmo ao motel podem ser acompanhados.

Tudo junto

Infelizmente, para os usuários que são vítimas desse crime, tudo isso pode acontecer de forma simultânea. Ou seja, o criminoso pode escutar, ver câmera, ler mensagens e saber onde você está.

Essa quebra de privacidade é absurda e criminosa. Por isso, trazemos agora dicas sobre como se proteger desse tipo de situação.

INTERNET SEGURA E DE QUALIDADE É COM A CLARO! CONTRATE JÁ!

Como se proteger da captura de dados

Ter essas informações invadidas e roubadas é algo triste, invasivo e revoltante. Por sorte, existem algumas coisas que podem ajudar a se proteger desse tipo de crime.

Use um antivírus

Tenha um antivírus instalado no seu celular e use-o com frequência. Pelo menos uma vez por mês abra o app e faça uma varredura buscando problemas. Se existir arquivos ou aplicativos maliciosos funcionando em segundo plano, ele avisará. Além disso, os bons antivírus vão oferecer a opção de remover o arquivo ou aplicativo problemático.
Detalhe: faça uma pesquisa para baixar um antivírus que seja confiável!

Anúncios e novas janelas

Muitas vezes estamos mexendo no celular e uma nova janela abre ficando em primeiro plano na tela. Pra começo de conversa, isso já é um péssimo sinal. Mas além do problema da janela abrir, o problema maior pode acontecer se você clicar nela. Muitos desses chamados pop-ups redirecionam você para sites maliciosos que instalam vírus automaticamente sem você perceber.

Essas janelas que se abrem normalmente oferecem alguma coisa grátis. Filmes, músicas, figurinas, etc. Ou então algum sorteio ou chance de ganhar algo valioso. Esses são os artifícios para fazer você cair na armadilha. Não caia.

Cuidado ao baixar aplicativos

Baixar novos aplicativos pode ser perigoso. Instalar um app no seu celular pode significar diversas coisas diferentes. Procure ver se você está baixando o aplicativo certo, verifique o nome da empresa que desenvolveu, clique nos comentários que pessoas fizeram sobre esse app antes de fazer o download.

Não baixe aplicativos de lugares que não sejam as lojas de aplicativos convencionais. E não confie em versões gratuitas de aplicativos que você sabe que são pagos. As lojas Appstore e Google Play são os melhores lugares para baixar apps.

Atenção com as permissões

Depois de instalar os aplicativos, confira as permissões que eles têm. Alguns aplicativos realmente precisam de algumas permissões. A ideia aqui é que você reflita sobre a real necessidade daquele app. Se você tem um app para ouvir música, por exemplo, ele não precisa de permissão para a sua câmera.

Leia os termos e condições

Nós sabemos que é chato e que quase ninguém lê. Mesmo assim, se você conseguir, dedique um tempinho para ler aqueles textos que normalmente nós clicamos “sim”, “aceito” ou “concordo” sem saber o que está escrito.

Cuidado com o login

Alguns sites ou serviços solicitam que você faça um login para usar suas funções. A maioria oferece a opção de preencher um cadastro ou logar com alguma outra conta. Essa conta normalmente é de algum e-mail ou rede social.

Esse tipo de login através de terceiros pode ser perigoso e comprometer sua segurança. Apesar de ser um pouco mais chato, preencha um cadastro independente quando possível.

Atenção com sua senha

Que a sua senha é sagrada você já deve saber. Que não deve falar ela pra ninguém, também. Mas existem dois detalhes importantes sobre senhas que muitas pessoas não seguem.

Senhas fortes

Para maior segurança, é preciso ter uma senha forte. Senhas fortes normalmente são feitas por um conjunto de fatores: caracteres maiúsculos, caracteres minúsculos, números e caracteres especiais. Juntando toda essa variedade, dificilmente sua senha vai ser descoberta. Além disso, quanto mais longa for sua senha, melhor. Não economize no tamanho.

Senhas diferentes

A questão vai além de ter uma boa senha, mas ter várias boas senhas. Isso mesmo, para maior segurança o ideal é ter senhas diferentes para serviços, sites e aplicativos diferentes. Sabemos que isso pode ser difícil de lembrar, por isso temos uma dica: tenha um padrão de senha para usar sempre, e deixe para alternar apenas um pedaço da senha.

Não use wi-fi público

Redes públicas e abertas podem ser perigosas. Mesmo que você esteja em um lugar supostamente confiável, como um shopping ou aeroporto, o uso da rede pública pode representar perigo. Isso porque pessoas conectadas na mesma rede podem interceptar seus dados sem você saber.

Logout

Quando você chega em casa, destranca a porta para abrir, certo? E quando sai de casa, fecha a porta e depois tranca. A ideia é essa. Sempre que terminar de usar um serviço que tenha solicitado seu login, lembre de fazer o logout.

Cuidados com o navegador

Seu navegador é uma das principais portas do seu celular. Ao mesmo tempo que traz diversas informações que você busca, também pode ser a porta para problemas.

Atualize sempre

Sempre que possível atualize seu navegador. Se a empresa que desenvolve o aplicativo lançou uma versão nova, ela pode ser importante. É normal que as atualizações venham com novidades sobre segurança, então sempre que possível, atualize.

Extensões e configurações

Conferir as configurações do navegador é normal e muita gente já faz. Se você ainda não fez isso, então faça! Além disso, os navegadores tem extensões. Extensões são códigos que modificam o navegador, adicionando novas funções ou opções. Entre essas novas funções é fácil esconder algum código malicioso, por isso é fundamental prestar atenção nos detalhes.

O que fazer caso seja espionado

A resposta é simples e objetiva: procure a polícia. A orientação oficial é para que a vítima não confronte ou questione o suspeito. O ideal é que a pessoa que você acha que pode ter instalado nem saiba da sua desconfiança e muito menos da sua descoberta.

Se você descobrir o app instalado, procurar a polícia pode ser até mais importante do que desinstalar. Isso porque, caso você desinstale o app, o criminoso vai perceber que perdeu o acesso. A polícia tem peritos que podem ajudar a examinar o celular da melhor maneira possível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui